Encontre sua próxima viagem com um preço especial!

 

Neste post a Frisson vai trazer as melhores dicas e sugestões para você montar o melhor roteiro possível para o Peru, visitando as cidades de Cusco e Lima (Na ordem em que você julgar melhor). O principal objetivo é fazer com que você absorva e realize essa viagem da melhor forma para o seu perfil. Nós estamos disponíveis para ajudar e dar as melhores alternativas para você!

 

~~clique aqui e fale com um consultor~~

Cusco

Antes de começarmos nossas dicas e roteiro para visitar Cusco, é importante conhecermos alguns dados básicos:

Cusco é uma cidade localizada na região sudeste do Vale Sagrado dos Incas, situada na região dos Andes, no Peru.

É uma cidade com aproximadamente 300 mil habitantes e é conhecida por ficar a 3400 metros acima do nível do mar.

O clima da cidade é geralmente seco e temperado, com duas estações definidas: uma de secas entre abril e outubro, com dias ensolarados, noites frias e temperatura média de 13 °C. Outra chuvosa, de novembro a março, temperatura média de 12 °C. Nos dias quentes e com muito sol a temperatura chega a 20 °C.

Cusco, Paisagem, Cidade, Telhados

Cusco – Peru

Agora que já sabemos algumas informações básicas sobre a cidade, vamos para o nosso roteiro com algumas dicas para a sua viagem:

Onde ficar em Cusco?

Essa é a maior dúvida que os turistas têm quando visitam não só Cusco, mas qualquer outra cidade em qualquer outro país. O principal é saber o que você busca: facilidade de locomoção? Um ambiente com uma vida noturna agitada? Próximo a pontos turísticos?

No caso de Cusco, é possível ter um pouco de tudo se você conseguir um hotel próximo a “Praza de Armas de Cusco”. Além de ser um ponto importante da cidade, é lá que a vida acontece. Apesar de ter um preço um pouco mais caro pela localização, é lá que você conhecerá novos turistas, diversos restaurantes, bares e será possível conhecer outras atrações caminhando, evitando depender de táxi e outras formas de transporte que trarão um maior custo para sua estadia.

Peru, Cusco, Peruana, Arquitetura, Igreja, Viagens

Praza de Armas de Cusco – Peru

O que fazer em Cusco? Os 5 principais passeios para realizar na cidade.

Cusco é uma cidade com muitas atrações, então para montar o nosso roteiro separamos os 5 principais passeios para você colocar no seu roteiro e não perder nada da cidade.

  • Machu Picchu

Este é, com certeza, um dos destinos mais desejados pelos turistas do mundo inteiro. Machu Picchu é conhecido por ser um lugar místico de renovação de energia com uma beleza extraordinária tanto em sua arquitetura quanto na beleza natural dos Andes.

Os pesquisadores dizem que a pequena cidade foi construída em meados do século XV e foi abandonada após a invasão dos espanhóis no Peru, que teve início em 1532.

No entando, Machu Picchu só foi descoberto no ano de 1911 e desde então tem sido um dos maiores legados de antigas civilizações. Hoje além de ser um sítio arqueológico onde diversos pesquisadores estudam o local, também tornou-se um ambiente de passeios turísticos. E acredito que é nesse ponto que todos estão interessados, não é mesmo?

Então vem a principal pergunta: Quais são as melhores formas de conhecer Machu Picchu?

Existem duas formas:

A primeira é pela Trilha Inca Clássica, que possui uma duração de 4 dias e é a mais procurada pelos turistas. Para realiza-la será necessário contratar um guia e reservar com meses de antecedência. Nem tente burlar essa opção, pois realmente não é possível faze-la sozinho (a).

A segunda opção é pela Trilha de Salkantay, que dura 5 dias e tem um caminho alternativo. A vantagem é que a concorrência é muito menor o que resulta num preço muito mais barato para realizar a viagem. Em nossas pesquisas encontramos relatos de pessoas que conseguiram fechar em Cusco com 2 dias de antecedência.

IMPORTANTE: Os caminhos para Machu Picchu ficam muito acima do nível do mar. Isso pode trazer algum tipo de desconforto, tontura e enjoo durante a viagem. Então, vá no seu tempo, tente se acostumar com o ambiente e aproveite a paisagem que é maravilhosa!

Qual a melhor época do ano para conhecer Machu Picchu?

A preferência para conhecer a cidadela é geralmente entre os meses de Abril até no máximo Setembro, onde o número de chuva é muito pequeno. Claro, neste período a concorrência e o número de pessoas realizando o passeio será muito maior, principalmente no mês de Junho.

A partir de Outubro começa a chuva, porém isso não quer dizer que você pegará um mal tempo. É tudo questão de sorte.

O que levar para trilha de Machu Picchu?

Fizemos uma pesquisa bem refinada para montar uma lista com os principais objetos e materiais que farão com que você não tenha nenhum problema durante a trilha:

– 1 cajado para ajudar nas subidas e descidas;

– 1 cantil com água;

– 1 capa de chuva;

– 2 calças;

– 3 camisetas;

– 4 meias Dry max (para não fazer bolhas no pés);

– 1 Casaco Fleece;

– 1 Segunda pele;

– 1 Chinelo;

– 1 gorro;

– 1 luva;

– 1 boné;

– 1 óculos de sol;

– Lenços umedecidos (nos primeiros dias você não tomará banho);

– 1 kit simples para banho/higiene pessoal (para quando tiver a possibilidade de você tomar um – provavelmente no terceiro dia);

– Lanchinhos para comer durante a trilha (Barra de cereal, frutas, chocolates e coisas pequenas que não trarão muito peso);

– Câmera fotográfica com o maior número de baterias reservas possíveis;

– Clorín (Pastilha para purificar água – não tem onde comprar durante a trilha);

– Saco de dormir (Com isolante térmico);

As barracas e alimentos são fornecidos pelas agências guias locais. Uma dica muito importante é tentar carregar todos esses objetos da menor forma possível para que não tenha muito peso na sua bagagem. A trilha é puxada é quanto mais peso mais difícil será de realizar.

Peru, Machu Picchu, Lama, Património Mundial, Paisagem

Machu Picchu – Peru

Agora que você já recebeu muitas dicas sobre Machu Picchu é só clicar no botão abaixo para fechar o seu pacote para fazer uma viagem mágica ao Peru:

 

~~botão~~

 

  • Vale Sagrado dos Incas

O Vale Sagrado dos Incas, assim como Machu Picchu, é um passeio muito preterido por turistas e exploradores do mundo inteiro. O Vale está situado nos Andes peruanos, entre os povoados de Písac e Ollantaytambo que ficam paralelos ao rio Urubamba.

Nele será possível conhecer o incrível visual das ruínas e dos sítios arqueológicos da região que foram tão bem preservados durante os anos.

Como fazer o passeio do Vale Sagrado dos Incas?

O passeio tem a duração de 1 dia e é possível realiza-lo de ônibus. O roteiro começa com a saída logo pela manhã de Cusco tendo a sua primeira parada em Pisaq, uma cidade muito famosa pelo seu mercado de artesanato peruano e pelas ruínas Incas lá presentes com diversas atrações.

De Pisaq, você seguirá para Ollantaytambo. Normalmente a chegada na cidade é por volta das 15h. Lá você muitas pessoas abandonam o passeio para pegar o trem que segue rumo a Machu Picchu. Mas também existe a opção de conhecer as Ruínas do lugar, que são incríveis e com certeza o ponto alto do passeio do Vale Sagrado dos Incas.

O tour termina em Chincero, lugar conhecido por ser o vigia do Vale Sagrado. O local é uma vila que fica a 3.772 metros acima do nível do mar. O caminho para o vilarejo é muito bonito e repleto de artesanatos que mostram e cultura local e obviamente possui as suas ruínas incas.

Resultado de imagem para vale sagrado dos incas

Vale Sagrado dos Incas – Peru

  • Plaza de Armas

Como dissemos, o melhor lugar para ficar em Cusco é nos arredores da Plaza de Armas de Cusco, pelo fato de tudo acontecer por ali. Mas, este local, também é um ponto turístico muito importante da cidade e vale a pena conhecer!

De acordo com a história, a praça marca o centro exato do Império Inca, dando a Cusco o apelido de “umbigo do mundo”.

Hoje a Plaza de Armas serve como um importante ponto de encontro para a população, seja para eventos, festas ou para fazer novas amizades com turistas do mundo inteiro.

  • Moray e Maras

A ruínas de Moray são um lugar onde os incas faziam diversos experimentos agrícolas. Esse tipo de agricultura é possível ver Písac e Ollantaytambo, porém o tamanho e a forma circular encontrado em Moray é de impressionar qualquer um!

Cada círculo representa um nível diferente com sua respectiva temperatura e pressão do solo, sendo que eles sabiam exatamente qual era o microclima ideal para cada tipo de alimento cultivado.

Mas por que em um formato circular? Isso evitava para seguir o formato das montanhas que existem ao redor. Isso evita riscos de erosão que outros fatores que podem depredar a natureza.

Em seguida, o passeio segue para Maras, onde será possível conhecer as Salineras. Este local emprega boa parte dos habitantes da cidade. O funcionamento para visitas ocorre apenas na época de seca onde a água salgada que vem da montanha fica dentro dos tanques, junto ao calor e o clima seco, transforma-se em sal.

Este tour tem a duração de praticamente um dia inteiro. A saída é logo pela manhã em Cusco com o retorno previsto para aproximadamente 15h da tarde.

Resultado de imagem para moray e maras

Moray

Resultado de imagem para moray e maras

Maras

  • Aproveite Cusco

Além de todos os pontos turísticos citados, é muito importante que você separe um dia no seu roteiro para apreciar a cidade de Cusco e principalmente a sua vida noturna.

Será possível encontrar restaurantes incríveis com as comidas típicas do país e bares em seu centro histórico. É neste momento que você poderá se conectar não só com a cultura peruana, mas com diversos turistas do mundo. Essa, sem dúvida, é uma das melhores partes da viagem.

Aproveite!

Resultado de imagem para cusco vida noturna

Cusco – Vida Noturna

Lima

Após a nossa primeira parada em Cusco chegamos ao ponto final da viagem, em Lima!

Lima é a capital e também a maior cidade do Peru. Localiza-se nos vales dos rios Chillón, Rímac e Lurín, na parte central do litoral peruano, com vista para o Oceano Pacífico. Juntamente com o porto marítimo de El Callao, forma uma área urbana contígua conhecida como Região Metropolitana de Lima. Com uma população de quase 12 milhões aprox. (2017), Lima é a região metropolitana mais populosa do Peru e a terceira maior cidade da América Latina (atrás de São Paulo e Cidade do México).

Resultado de imagem para Lima - Peru

Lima – Peru

Agora, o principal e a maior dúvida de todos os viajantes: Onde ficar em Lima?

Escolher onde ficar em Lima é muito fácil pela quantidade de hotel com boas localizações com grande variedade de preço.

A maiores dos turistas procura ficar em dois lugares especificamente: Miraflores ou San Isidro. A região central não é muito indicada apesar de ter muitos hotéis em conta.

San Isidro possui ótimos hotéis, mas é uma região mais voltada para quem viaja a negócios. É uma área residencial nobre, cheia de embaixadas e tem acomodações mais caras que os outros bairros.

Miraflores é o bairro perfeito para os turistas! A região é bem cuidada, tem diversos pontos turísticos, restaurantes, bares e lojas, além de ser também a casa do Larcomar Shopping. Para escolher um hotel bem centralizado, a dica é ficar perto da Parque Kennedy, área de comércio abundante.

Resultado de imagem para miraflores

Miraflores – Lima

Mas, o que fazer em Lima?

Lima é uma cidade que em no máximo 3 dias você consegue conhecer todos os pontos turísticos mais interessantes. Então, para ajudar a montar o seu roteiro, vamos pontuar algum deles:

  • Museu do Larco

Este é o principal museu de Lima. Ele retrata mais de 5 mil anos da história e do desenvolvimento do Peru e suas antigas civilizações através de artefatos e diversos tipo de objetos arqueológicos.

É um ótimo passeio para criar uma maior compreensão da história tão rica deste país. Sem contar as belezas e os pontos gastronômicos que existem nas redondezas do museu. Não deixe de explorar!

  • Endereço: Av. Bolívar 1515, Pueblo Libre, Lima
  • Site: museolarco.org
  • Horários: todos os dias, das 9 às 22h
  • Ingressos: 30 soles

Imagem relacionada

Museu do Larco – Lima

  • Shopping Larcomar

Vou viajar para fora e conhecer shopping? SIM! O Larcomar é um lugar incrível. Praticamente “pendurado” em uma parede em frente ao oceano pacífico, é um local de comércio ao ar livre, com 12 salas de cinema, um teatro, restaurantes, cafés, bares, balada, boliche, jogos eletrônicos e mais de 80 lojas e uma bela vista panorâmica.

Resultado de imagem para shopping larcomar

Shopping Larcomar – Lima

  • Parque de la Reserva

É neste parque que encontramos o famoso Circuito Mágico del Água, o maior complexo de fontes de água no MUNDO localizado em um parque público.

Você irá encontrar 13 fontes e cada  uma com peculiaridades diferentes. São formatos especiais, túnel de água, música, efeitos de luzes e laser. Fora isso, o parque conta ainda com mais de 7.000 árvores e monumentos restaurados. À noite o local fica ainda mais bonito devido à iluminação, que deixa o clima do parque ainda mais incrível.

Resultado de imagem para parque de la reserva

Parque de La Reserva – Lima

  • Vida Gastronômica

A vida gastronômica em Lima é uma das mais famosas no mundo. Com certeza, umas das coisas que você mais tem que fazer na cidade é comer! E comer muito bem!

Não deixe de conhecer os restaurantes:

– Central

Imagem relacionada

– Maido

Resultado de imagem para maido

– Astrid y Gastón

Resultado de imagem para astrid y gastón

 

A Frisson espera que as dicas ajudem na montagem do seu roteiro! Qualquer dúvida entre em contato com um de nossos consultores: (11) 5063-4447